Publicidade
Cultura e Entretenimento

A mulher Miss Universo Brasil

Mia Mamede é representante do Espírito Santo, ganhou o concurso Miss Universo Brasil depois de 68 anos de espera.

Ela venceu outras concorrentes de estados como Amazonas, Minas Gerais, Ceará e Rio Grande do Sul. Teresa Santos, eleita em 2021, passou a coroa e a faixa para Mia. Em entrevista à rádio CBN Vitória, Mia expressou seu orgulho e a responsabilidade de representar todas as mulheres brasileiras.

Mia Mamede 
Miss Universo Brasil 
a mulher mais linda do Brasil
Mia Mamede 

Miss Universo Brasil nos últimos 10 anos

Nos últimos 10 anos, o Brasil tem sido representado por mulheres incríveis no concurso de Miss Universo. Com diferentes histórias de vida e personalidades, cada uma dessas mulheres deixou sua marca no mundo da beleza e trouxe orgulho para o país.

Em 2012, a gaúcha Gabriela Markus conquistou o título de Miss Universo Brasil. Gabriela foi a primeira brasileira a ser classificada entre as 10 finalistas desde 2007. Ela também chamou a atenção por suas ações sociais, como a promoção de campanhas de conscientização sobre o câncer de mama.

Em 2013, Jakelyne Oliveira, de Mato Grosso do Sul, levou para casa o título de Miss Universo Brasil. Jakelyne chamou a atenção pela sua beleza natural e simpatia, conquistando o coração dos jurados e do público. Além disso, ela é formada em administração e atua como modelo e apresentadora de TV.

No ano seguinte, em 2014, a representante do Amazonas, Melissa Gurgel, foi eleita a Miss Universo Brasil. Melissa ganhou destaque por sua beleza exótica e por suas ações sociais em defesa dos animais.

Em 2015, Marthina Brandt, de Santa Catarina, conquistou o título de Miss Universo Brasil. Marthina chamou a atenção por sua beleza clássica e elegância. Ela é formada em odontologia e atua como modelo.

No ano seguinte, em 2016, a mineira Raissa Santana foi a primeira negra a ser eleita Miss Universo Brasil em 30 anos. Raissa ganhou destaque pela sua beleza exótica e por sua história de superação. Ela cresceu em uma comunidade carente e enfrentou muitas dificuldades para chegar onde está hoje.

Em 2017, a piauiense Monalysa Alcântara conquistou o título de Miss Universo Brasil. Monalysa chamou a atenção por sua beleza única e por suas ações sociais em defesa dos direitos das mulheres. Ela também é formada em administração e atua como modelo e influenciadora digital.

Em 2018, a gaúcha Mayra Dias foi eleita Miss Universo Brasil. Mayra chamou a atenção por sua beleza exótica e por suas ações sociais em defesa da educação. Ela é formada em jornalismo e atua como modelo e apresentadora de TV.

No ano seguinte, em 2019, a mineira Júlia Horta conquistou o título de Miss Universo Brasil. Júlia ganhou destaque por sua beleza clássica e por suas ações sociais em defesa da saúde mental. Ela é formada em jornalismo e atua como modelo e apresentadora de TV.

Em 2020, devido à pandemia do coronavírus, não houve concurso de Miss Universo Brasil.

No ano de 2021, a paulista Julia Gama foi eleita Miss Universo Brasil. Julia ganhou destaque por sua beleza exótica e por suas ações sociais em defesa da inclusão social. Ela é formada em engenharia e atua como modelo e apresentadora de TV.

A brasileira Mia Mamede, 27, não conseguiu se classificar entre as 16 semifinalistas do Miss Universo 2022. Com isso, a capixaba ficou fora da competição pelo título deste ano, que aconteceu na cidade americana de Nova Orlean s, na Louisiana. A vencedora foi a Miss Estados Unidos, R’Bonney Gabriel, 28, venceu a final.

Cada uma dessas mulheres tem sua própria história de vida e suas próprias lutas.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Botão Voltar ao topo