Publicidade
NOTÍCIAS

Varíola dos Macacos: Porque o Silêncio?

A Varíola dos Macacos, também conhecida como Monkeypox, é uma doença viral rara que tem gerado preocupação global. Neste artigo, exploraremos os principais aspectos dessa enfermidade, desde sua origem até os casos recentes e por que ela foi amplamente discutida no início.

Mas antes é necessário explicar a diferença entre a varíola e a varíola dos macacos, bem como o contexto histórico de cada uma:

Variola
Variola dos Macacos
  1. Varíola Humana:
    • Origem e Descoberta:
      • A varíola humana, também conhecida como smallpox, foi uma das doenças mais mortais da história.
      • Descoberta em 1796, quando Edward Jenner desenvolveu a primeira vacina contra a varíola.
      • Tinha duas formas: a varíola maior (mais grave, com mortalidade de até 30%) e a varíola menor (menos letal).
    • Erradicação:
      • Em 1980, a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou a varíola humana erradicada após uma campanha global de vacinação bem-sucedida.
      • Não há casos naturais desde então.
  2. Varíola dos Macacos:
    • Descoberta e Nome:
      • O vírus da varíola dos macacos (monkeypox) foi identificado em 1958 durante surtos em colônias de macacos em laboratórios de pesquisa.
      • O nome se deve à descoberta inicial em macacos, mas a transmissão atual ocorre entre humanos.
    • Transmissão e Gravidade:
      • Transmitida pessoa a pessoa, principalmente por contato próximo.
      • Existem duas formas: a da África Ocidental (mortalidade de 1% a 10%) e a da África Central (mortalidade de cerca de 20%).
      • Menos contagiosa e menos grave do que a varíola humana.
    • Surto Atual:
      • O surto atual atinge vários países, incluindo Europa, EUA e Canadá.
      • Autoridades médicas consideram o risco de transmissão descontrolada baixo.

O que é a Varíola dos Macacos?

Variola dos Macacos
Variola dos Macacos

A Varíola dos Macacos é causada pelo vírus Monkeypox, pertencente à família Poxviridae. Embora menos grave do que a varíola, ela apresenta sintomas semelhantes, incluindo febre, erupções cutâneas e complicações.

Sintomas e Transmissão

  • Sintomas:
    • Febre.
    • Erupções cutâneas semelhantes à varicela.
    • Complicações, como infecções na pele e pneumonia.
  • Transmissão:
    • Contato pessoal com secreções respiratórias ou lesões de pele de pessoas infectadas.
    • Roedores nas florestas tropicais da África podem ser reservatórios do vírus.

Casos e Surto Atual

  • O primeiro caso humano foi relatado em 1970.
  • O surto atual envolve 92 casos confirmados em vários países, incluindo Europa, Estados Unidos, Canadá e Austrália.

Por que foi amplamente discutida no início?

A semelhança com a varíola, que foi erradicada, gerou preocupação. A emergência de saúde pública internacional foi declarada devido ao potencial de disseminação.

Conclusão

A conscientização sobre a Varíola dos Macacos é essencial para prevenir sua propagação. Fique atento às atualizações e siga as orientações das autoridades de saúde.

Referências

  1. Organização Mundial da Saúde (OMS)
  2. Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC)

: Fonte: OMS : Fonte: CDC : Fonte: Ministério da Saúde do Brasil : Fonte: Centers for Disease Control and Prevention (CDC)

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Botão Voltar ao topo