PUBLICIDADE
Categorias: ECONOMIANOTÍCIAS

Não recebo o Bolsa Família, como me inscrever para o novo Auxílio Brasil?

Publicado por
Compartilhado

O Auxílio Brasil, terá um valor médio de R$ 400. O Governo Federal informou que para ter acesso ao Auxílio Brasil, a família precisará estar inscrita no Cadastro Único (CadÚnico). Para aqueles que não estiverem de acordo com o cadastro, infelizmente ficará de fora.

Pelo CadÚnico foi possível selecionar os beneficiários do bolsa família, auxílio emergencial e atualmente o auxílio Brasil. Pois, por este cadastro se torna possível que o governo possa ter acesso a base de dados socias.

Podem se inscrever no Cadastro Único:

  • Famílias com renda mensal de até meio salário mínimo por pessoa;
  • Famílias com renda mensal total de até três salários mínimos; ou
  • Famílias com renda maior que três salários mínimos, desde que o cadastramento esteja vinculado à inclusão em programas sociais nas três esferas do governo.

Pessoas que moram sozinhas podem ser cadastradas. Elas constituem as chamadas famílias unipessoais.
Pessoas que vivem em situação de rua — sozinhas ou com a família — também podem ser cadastradas. O caminho, nesse caso, é procurar algum posto de atendimento da assistência social e perguntar como fazer para ser incluído no Cadastro Único.

Você estando dentro dos critérios poderá se dirigir ao Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) de sua cidade.

Para se inscrever no Cadastro Único, é preciso que uma pessoa da família se responsabilize por prestar as informações de todos os membros da família para o entrevistador. Essa pessoa – chamada de Responsável pela Unidade Familiar (RF) – deve ter pelo menos 16 anos e, preferencialmente, ser mulher.

Para se cadastrar será necessário ter em mãos os seguintes documentos

  • CPF ou Título de Eleitor;
  • Certidão de Nascimento; ou
  • Certidão de Casamento; ou
  • CPF; ou
  • Carteira de Identidade – RG; ou
  • Carteira de Trabalho; ou
  • Título de Eleitor; ou
  • Registro Administrativo de Nascimento Indígena (RANI) – somente se a pessoa for indígena.

Os responsáveis por famílias indígenas ou quilombolas não precisam apresentar o CPF ou Título de Eleitor caso não possuam, mas devem levar outro documento de identificação dentre os listados acima.

PUBLICIDADE
Halysoh Macêdo

Administrador e criador do portal de notícias, PODER AO POVO. Contra as fakes news.

Deixe um comentário

Postagens recentes

“Aristides” quebra a internet nesta segunda-feira; entenda o termo “noivinha do Aristides”

Uma mulher de 40 anos foi presa no fim de semana após xingar de “noivinha…

3 horas atrás

Alckmin diz que hipótese de ser vice de Lula ‘caminha’, após ouvir apelo de centrais sindicais

O ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB), cotado para participar da chapa eleitoral com…

6 horas atrás

URGENTE: NEYMAR JUNIOR SOFRE LESÃO E DEVE FICAR AFASTADO POR ATÉ OITO SEMANAS

O craque Neymar Junior, sofreu uma lesão no tornozelo enquanto jogava pelo seu time PSG,…

9 horas atrás

MÃE DE MARÍLIA MENDONÇA SE DIVERTE COM O NETO

Ruth Moreira, mãe de Marília Mendonça, postou recentemente em seu instagran, um momento fofo ao…

9 horas atrás

SIMONE EXIBE NOVO CORPO APÓS CIRURGIAS

Simone, da dupla com Simaria, exibiu o novo corpo após cirurgias plásticas, a cantora que…

10 horas atrás

Bolsonaro despenca ao nível mais baixo desde do início do mandato,19% de aprovação

Pesquisa divulgada nesta segunda-feira (29) mostra que a aprovação do governo do presidente Jair Bolsonaro despencou e…

12 horas atrás