Publicidade
ECONOMIA

Bitcoin Decola e Atinge US$ 41 mil pela Primeira Vez desde Abril de 2022

O Bitcoin, a maior criptomoeda em termos de capitalização de mercado, atingiu um marco significativo recentemente. Pela primeira vez desde abril de 2022, o Bitcoin ultrapassou a marca de US$ 41 mil. Este aumento notável no preço do Bitcoin é um sinal positivo para os investidores e entusiastas de criptomoedas.

A Ascensão do Bitcoin

O Bitcoin tem experimentado uma série de altos e baixos ao longo do ano. Em abril de 2022, o Bitcoin atingiu US$ 39 mil por moeda pela primeira vez. No entanto, após o colapso do projeto cripto Terra em maio de 2022, o preço de todas as criptomoedas despencou, levando a uma série de falências de alto perfil.

Apesar desses contratempos, o Bitcoin conseguiu se recuperar. Depois de atingir o pico de US$ 39 mil, o Bitcoin sofreu uma queda e agora está sendo negociado a US$ 38.777. No entanto, a moeda subiu quase 3% nas últimas 24 horas e mais de 12% ao longo do mês.

O Futuro do Bitcoin

O recente aumento no preço do Bitcoin atraiu um renovado interesse dos investidores. Várias grandes empresas de Wall Street solicitaram à Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos a aprovação de um ETF de Bitcoin à vista. Um veículo de investimento desse tipo proporcionaria aos investidores tradicionais exposição à criptomoeda de maneira segura e regulamentada.

Por causa disso, alguns analistas esperam que haja um influxo de capital no mercado de ativos digitais. Analistas da Bloomberg Intelligence afirmaram que esperam que o principal regulador aprove uma das solicitações até 10 de janeiro.

Conclusão

A recente ascensão do Bitcoin a US$ 41 mil é um marco significativo para a criptomoeda. Embora o Bitcoin tenha enfrentado desafios ao longo do ano, a moeda conseguiu se recuperar e atingir novos patamares. Com o renovado interesse dos investidores e a potencial aprovação de um ETF de Bitcoin à vista, o futuro do Bitcoin parece promissor.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo