Publicidade
NOTÍCIAS

O Brasileiro Foragido nos Estados Unidos, HISTÓRIA

“A vida costumava ser pacata no Condado de Chester na Pensilvânia. As cidades daqui não aparecem nas manchetes dos jornais. Mas esta semana foi diferente, praticamente todos os policiais da região foram acionados, mais FBI, Guarda Nacional, força estadual e Federal, quase 400 homens e mulheres à procura de um brasileiro, Danilo CAV.

Estamos lidando com o monstro. No dia 18 de abril de 2021, Danilo matou uma ex-namorada, a brasileira Débora Brandão, com 38 facadas na frente dos dois filhos dela em plena luz do dia. É preciso ter muita força para cometer esse assassinato. Ele tem muita raiva, alguma coisa tá quebrada dentro desse homem.

O Brasileiro Foragido nos Estados Unidos

Cavalcante conseguiu a condenação perpétua. Eles vieram para os Estados Unidos em épocas diferentes, se conheceram aqui em 2019 e começaram a namorar, às vezes moravam juntos. Em junho de 2020, ele mordeu os lábios dela até o sangue jorrar. Em dezembro, no Natal, ele chutou o corpo dela no chão repetidamente, pegou uma faca e ameaçou matá-la. Débora conseguiu uma medida protetiva e se separou de vez, 4 meses depois Danilo Cavalcante a matou.

Conseguimos rastrear seu número de telefone e a polícia o encontrou 4 horas depois. Ele foi preso no estado da Virgínia e transferido para Pensilvânia, local do crime. Quando a pena se tornou perpétua, a imagem que girou o mundo esta semana mostra Danilo Cavalcante usando duas paredes como apoio no teto. Ele passou por arame farpado, pulou um muro e desapareceu. Foi no dia 31 de agosto.

O guarda que estava na torre de vigilância foi demitido. Na última sexta-feira, foi dessa prisão de Chester County, no fundo daquela Avenida, que Danilo fugiu. Ele escalou o muro às 8:33 da manhã, mas os agentes penitenciários só perceberam a ausência dele 57 minutos depois, e as buscas começaram inicialmente nos arredores em volta do complexo penitenciário, mas não adiantou, e o perímetro de busca teve que ser aumentado nos dias seguintes, espalhando a tensão.

Ryan Druman mora em Chester. No dia seguinte à fuga de Danilo, Ryan ouviu barulhos na cozinha e do andar de cima, decidiu piscar a luz algumas vezes. Segundos depois, o invasor respondeu da mesma forma, e daí ele acendeu a luz como se dissesse, ‘estou aqui’. Foi um terror. Eu olhei para minha esposa e disse: ‘Ele tá em casa, liga para a polícia’. Logo depois, Danilo Cavalcante saiu da casa levando uma maçã, um pêssego, ervilhas, talvez até uma faca, e o jardim de Ryan se transformou numa área de buscas.

Essa região tem pequenas cidades e muitos bosques com vegetação. Dan Cavalcante tem pouco mais de 1 metro e mais magro que eu, fácil se esconder. O que tornou a operação de buscas mais difícil é que ele sabe se locomover na mata. Danilo nasceu no Maranhão, há 34 anos. Mudou-se com alguns parentes para o Tocantins, onde trabalhou como lavrador. Em 2017, ele andava pela cidade de Figueirópolis, a 260 km de Palmas, numa noite de festa.

O estudante Walter Júnior foi assassinado a tiros neste trailer de lanches. Walter Júnior estava naquela mesa ali do canto. Aí o Danilo chegou, falou comigo aqui no Pit Dog e foi para lá. Até aí eu vi eles conversando lá e tudo. Quando eu tô fazendo o lanche lá, eu escutei uns estouros aqui para fora. Tá, tá. Aí escutei gritando, ‘Rapaz, o cara matou o amigo dele’. As investigações levariam a uma dívida de Walter com Danilo. O crime foi no dia 5 de novembro de 2017. Uma semana depois, a justiça acatou um pedido de prisão feito pelo Ministério Público. Danilo Cavalcante se tornou foragido.

E em janeiro de 2018, viajou para os Estados Unidos. O processo a que Danilo responde pelo crime em Figueirópolis está aqui no fórum da cidade de Gurupi. Mesmo com a ordem de prisão decretada, ele conseguiu sair do país, porque quando embarcou no aeroporto de Brasília, a justiça do Tocantins ainda não havia registrado a decisão no Banco Nacional de mandados. A informação continuava restrita ao âmbito estadual. O registro nacional só foi feito em junho de 2018, 7 meses depois do crime. Em nota, o Poder Judiciário do Tocantins disse que a prisão preventiva do acusado foi proferida no dia 13 de novembro de 2017 e na mesma data enviada à polícia civil para seu cumprimento. Entretanto, o acusado já tinha fugido do Tocantins.

Sobre o registro do mandado no Banco Nacional de Prisão, disse que a ferramenta disponível desde 2011, só em 2018 foi oficializada. Assim como Danilo Cavalcante, Débora Brandão nasceu no Maranhão, mas as vidas dos dois só se cruzaram na Pensilvânia. Nós conversamos com uma das irmãs da Débora em São Luís. Nossa vida até hoje é, e tem um vazio muito grande. Nós não estamos completos mais, né, e minha mãe. Mamãe perdeu um filho, não tem dor maior. Abalou muito ela, então nossa família está assim, tentando se reconstruir novamente, se reestruturar, mas não completos.

A reconstrução do futuro dos filhos de Débora é feita por outra irmã dela, Sara, aqui nos Estados Unidos. Hoje em dia, depois de 2 anos e meio, eu penso que eu ganhei dois presentes que são os melhores presentes da minha vida, que é o Yan e a Yasmin. Essa última semana, ess

a última semana, esses últimos 10 dias com tudo isso que tá acontecendo… como foi a vida de vocês está sendo assustadora, parece que tudo voltou no dobro porque com medo diário, achando que ele pode entrar aqui ou fazer mal para mim, principalmente para as crianças. Então tá sendo muito difícil.

As crianças chegaram à escola durante esse período. Hoje, eles voltaram. A vida tem que continuar, mas a escola me ligou. Eu liguei para eles, os guardas estavam nas escolas de cada um, porque eles estudam em escolas diferentes. Os guardas estão em todo lugar.

E as câmeras usadas para observar animais selvagens na mata também registraram o criminoso três vezes dentro do Jardim Botânico da região, na quinta-feira, 15, por volta das 9 da noite. O oitavo dia de buscas por Danilo Cavalcante parece ser o mais intenso até agora. O Jardim Botânico Longwood Gardens aqui atrás foi esvaziado no final da tarde. Os visitantes tiveram que ir embora, e os policiais fecharam outras ruas dessa região.

Na sexta-feira, a equipe do Fantástico teve acesso à base improvisada especialmente para esta operação policial. O tenente-coronel George Bin explicou que esta tela atualizada em tempo real mostra onde está cada uma das viaturas. Eu pergunto onde Danilo foi visto mais recentemente. O senhor tem certeza de que ele continua dentro deste perímetro? Eu acredito que sim, ele responde.

Na madrugada de hoje, ele foi flagrado longe do perímetro em que a polícia estava fazendo as buscas, aparentemente de banho tomado, sem barba e sorrindo. Longe dali, na casa de Sara e o marido Felipe, os sonhos estão em segurança. Era muito criancinha, muito, ele tinha 4 anos, então ele não entendia muita coisa. Mas a Yasmin sim. Então, quando ela olhou para mim, só, eu abracei ela e falei que ela ia ficar comigo para sempre. E eles dois ajudam. Nossa, eles são perfeitos, eles são tão apegados, eles são irmãos, é lindo de ver, muito lindo de ver.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Botão Voltar ao topo