Publicidade
CURIOSIDADES

O sexo e o cristianismo, Saiba a verdade que não lhe contam

O sexo e o cristianismo, o cristianismo é uma religião abrangente que influencia a vida de milhões de pessoas em todo o mundo. Dentro dessa fé, o tema do sexo é abordado de forma específica, com regras e ensinamentos que moldam a visão dos cristãos sobre essa área da vida. Neste artigo, exploraremos as principais regras e ensinamentos cristãos sobre sexo.

Antes de mais nada, é importante entender que, para os cristãos, o sexo é visto como um presente de Deus para a união e o amor entre um homem e uma mulher dentro do matrimônio. Isso significa que o sexo é considerado sagrado e deve ser vivido de forma responsável e respeitosa.

Uma das principais regras cristãs sobre sexo é a proibição da relação sexual antes do casamento. Isso é conhecido como “castidade” e é visto como uma forma de honrar a Deus e preservar a pureza sexual. Segundo a Bíblia, o sexo fora do casamento é considerado um pecado. Isso significa que o sexo casual, o adultério e outras formas de comportamento sexual promíscuo são desencorajados.

Dentro do casamento, o sexo é visto como um ato de amor e intimidade entre um homem e uma mulher. A Bíblia encoraja os casais a desfrutarem do sexo e a se aproximarem emocionalmente por meio dele. No entanto, a sexualidade deve ser vivida de forma responsável e respeitosa, sem comportamentos que possam causar dor, humilhação ou violência.

Outra regra importante é a proibição do uso de métodos contraceptivos artificiais, como pílulas anticoncepcionais e preservativos. Para os cristãos, a concepção é vista como um milagre divino e a contracepção é vista como uma interferência na vontade de Deus. No entanto, os casais podem usar métodos contraceptivos naturais, como o método de ovulação, se assim desejarem.

Finalmente, a Bíblia ensina que a homossexualidade é considerada um pecado. Isso significa que os atos sexuais entre pessoas do mesmo sexo são desencorajados dentro da comunidade cristã. No entanto, é importante lembrar que, apesar de a homossexualidade ser vista como um pecado, os cristãos são chamados a amar e respeitar todas as pessoas, independentemente de sua orientação sexual.

Em resumo, as regras e ensinamentos cristãos sobre sexo enfatizam a importância da pureza sexual, responsabilidade, respeito e amor dentro do casamento. O sexo é visto como um presente de Deus e deve ser desfrutado de forma responsável e respeitosa. Embora algumas formas de comportamento sexual sejam desencorajadas, os cristãos são chamados a amar e respeitar todas as pessoas, independentemente de sua orientação sexual.

O sexo e o cristianismo por Jesus

A Bíblia não registra muitas palavras diretas de Jesus sobre sexo, mas Ele ensinou princípios que são relevantes para a sexualidade humana. Em geral, Jesus enfatizava a importância de amar e respeitar as outras pessoas, incluindo aquelas com quem temos relacionamentos sexuais.

Um dos principais ensinamentos de Jesus que se aplica à sexualidade é o mandamento de amar o próximo como a si mesmo. Isso significa que devemos tratar os outros com amor, respeito e dignidade, independentemente do nosso relacionamento com eles. Isso inclui nossos parceiros sexuais e outras pessoas com quem interagimos em questões sexuais.

Jesus também enfatizou a importância de honrar a Deus e obedecer aos Seus mandamentos. Isso inclui a proibição do adultério e do sexo fora do casamento. Na visão cristã, o sexo é uma expressão de amor e intimidade dentro do contexto do casamento entre um homem e uma mulher.

Jesus também ensinou que o pecado começa no coração. Isso significa que devemos cuidar dos nossos pensamentos e desejos sexuais, para que não sejamos tentados a agir de forma imprópria ou imoral. Ele enfatizou a importância da pureza do coração, não apenas das ações externas.

Em uma passagem famosa da Bíblia, Jesus ensinou que aquele que olha para uma mulher com desejo já cometeu adultério com ela em seu coração. Isso indica a importância de controlar nossos pensamentos e desejos sexuais, para que não sejamos tentados a agir de forma imoral.

Em resumo, Jesus ensinou princípios gerais que se aplicam à sexualidade humana, incluindo a importância de amar e respeitar os outros, honrar a Deus e obedecer aos Seus mandamentos, e cuidar dos nossos pensamentos e desejos sexuais.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Botão Voltar ao topo