PUBLICIDADE
POLÍTICA

Bolsonaro volta a atacar o STF: “Quem pensam que são?”

Publicado por
Compartilhado

Nesta quarta-feira(12), o presidente Bolsonaro voltou a criticar o STF( Supremo Tribunal Federal), as críticas foram aos ministros Alexandre de Moraes e Luís Roberto Barroso, que é também presidente do TSE(Tribunal Superior Eleitoral).

“Quem esses dois pensam que são?”, questionou Bolsonaro.

Ao site Gazeta do Brasil, no contexto sobre desinformação, o presidente criticou a decisão do TSE que cassou o mandato do deputado estadual do Paraná Fernando Francischini por desinformação, em 2018 o deputado em uma transmissão ao vivo, afirmou que duas urnas estariam fraudadas, sem aceitar votos ao então candidato Jair Bolsonaro.

“Ele falou a verdade e o TSE cassou por isso. Quem esses dois pensam que são? Que vão tomar medida drástica dessa forma, ameaçando, cassando liberdades democráticas nossas. Eles têm um candidato, sabemos que são defensores do Lula, querem o Lula presidente. Na mão grande isso não pode prosperar no Brasil”, afirmou Bolsonaro.

O chefe do executivo foi questionado sobre um artigo publicado pelo ministro Barroso nesta semana, no qual ele afirmou que as redes sociais fizeram surgir “terroristas verbais”. Barroso não citou o Bolsonaro, mas o presidente alfinetou o ministro.

“Barroso entende de terrorismo, ele defendeu Battisti. Um bandido assassino terrorista, e dado isso daí ele conseguiu junto ao PT ser alçado ao STF. Minha crítica não é ao STF, eu critico pontualmente as pessoas. É direito dele defender um terrorista. Agora, acusar de terrorismo… Qual crime eu cometi, Barroso? Quais fake news eu pratiquei?”, questionou. O presidente já teve conteúdo removido das redes sociais durante a pandemia por divulgar desinformação sobre a Covid-19.

“Eu fui julgado no TSE e foi a vez do Moraes falar claramente ‘houve, sim, fake news; houve disparo em massa, sabemos. No ano que vem, vamos cassar o registro e prender o candidato’. Olha, isso é jogar fora das quatro linhas (da Constituição). Eu sempre joguei dentro das quatro linhas. Não se pode falar em terrorismo digital”, afirmou Bolsonaro.

“Mas eu digo, quem porventura se eleger presidente indica dois ministros pro STF, mais que eleger presidente você elege mais dois ministros que vão ficar mais 35 anos no Supremo”, acrescentou.

PUBLICIDADE
Halysoh Macêdo

Administrador e criador do portal de notícias, PODER AO POVO. Contra as fakes news.

Deixe um comentário
Publicado por

Postagens recentes

CAMPANHA PARA LULA: FAMOSOS GRITAM “É 13” NO CALDEIRÃO

No programa Caldeirão, transmitido pela Globo, deu o que falar na exibição do ultimo sábado…

2 horas atrás

ASSUMIDÍSSIMOS: NEYMAR POSTA FOTO AO LADO DE BRUNA BIANCARDI

Ao que tudo parece, Neymar assumiu de vez a Bruna, que não é Marquezine, e…

2 horas atrás

Lula e Bolsonaro no BBB22: Boninho libera debates políticos

Segundo o diretor do Big Brother Brasil, o Boninho, não existe censura dentro do reality…

3 horas atrás

A resposta de Lula à desconfiança do mercado

Semanas atrás, numa conversa com um ex-ministro petista sobre os temores da Faria Lima se…

3 horas atrás

Alinne Moraes declara voto em Lula: ‘A gente precisa tombar o Bolsonaro’

Alinne Moraes abriu o coração e falou abertamente sobre seu voto em Lula, e sua…

4 horas atrás

Bolsonaro está com medo de ser humilhado por Lula e fará o impensável

Bolsonaro sabe que será duramente humilhado pelo ex-presidente Lula nas próximas eleições. Pela primeira vez…

5 horas atrás
PUBLICIDADE