PUBLICIDADE
Categorias: NOTÍCIAS

Homem leva mata-leão após xingamento homofóbico

Publicado por
Compartilhado

Em SC, um grupo de amigos LGBTQIA+ de Brasília que visitava Balneário Camboriú (SC) foi alvo de um ataque homofóbico na última segunda-feira (11) enquanto tirava fotos. Um homem não identificado passou e começou a ofendê-los: “Sai da frente, viadinho”.

O influenciador digital, Gabriel Nunes, 25 anos – que é homossexual – temendo que a sua amiga fosse agredida fisicamente, partiu para cima do homem e lhe deu um golpe mata-leão. Eles se atracaram até que Nunes o soltou.

As vítimas informaram que não encontraram policiais militares no local e decidiram não prestar queixa na delegacia.

Mais detalhes

O grupo de amigos estava numa excursão que saiu no dia 08 (sexta-feira) de Brasília com destino à Santa Catarina. A viagem fazia parte da comemoração da artista drag Pikineia. O ataque homofóbico aconteceu no penúltimo dia da viagem.

Pikineia estava tirando fotos da amiga trans Thamy quando um homem apareceu e disse: “Sai da frente viadinho, se não eu vou te dar um chute na bunda para você parar na lua”, contou a artista. “Eu me assustei e me afastei”.

Um amigo ainda tentou conversar com o agressor. Pikineia pediu para ele não dar atenção para o agressor, que saiu andando e ofendendo outras pessoas que estavam no local.

Foi o momento em que ele passou por Nunes e disse: “Sai da frente, gordo viado”.

O influenciador, então, viu que o homem foi em direção de sua amiga. “Falei para sair de lá, mas ele continuou e ficou xingando a a gente. Fiquei com receio que ele pudesse agredir a Pikineia e me aproximei dele”, disse Nunes.

Os dois se atracaram e Nunes segurou o agressor, aplicando um mata-leão. O homem pediu para que o soltasse. Ele caiu no chão e saiu correndo. Mesmo assim continuou ofendendo que estava na frente dele. “Ele saiu falando que iria chamar os amigos e voltar”, afirmou o influenciador.

O grupo voltou para o hotel e desistiu de sair naquela noite. No dia seguinte voltaram para Brasília. “Foi horrível. Muito horrível. Nunca me envolvi em briga ou fui vítima de homofobia”, disse Nunes. “Mas o meu celular não para. Pessoas estão mandando mensagem, parabenizando pela minha atitude”, contou.

PUBLICIDADE
Halysoh Macêdo

Administrador e criador do portal de notícias, PODER AO POVO. Contra as fakes news.

Deixe um comentário

Postagens recentes

“Aristides” quebra a internet nesta segunda-feira; entenda o termo “noivinha do Aristides”

Uma mulher de 40 anos foi presa no fim de semana após xingar de “noivinha…

27 minutos atrás

Alckmin diz que hipótese de ser vice de Lula ‘caminha’, após ouvir apelo de centrais sindicais

O ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB), cotado para participar da chapa eleitoral com…

4 horas atrás

URGENTE: NEYMAR JUNIOR SOFRE LESÃO E DEVE FICAR AFASTADO POR ATÉ OITO SEMANAS

O craque Neymar Junior, sofreu uma lesão no tornozelo enquanto jogava pelo seu time PSG,…

6 horas atrás

MÃE DE MARÍLIA MENDONÇA SE DIVERTE COM O NETO

Ruth Moreira, mãe de Marília Mendonça, postou recentemente em seu instagran, um momento fofo ao…

7 horas atrás

SIMONE EXIBE NOVO CORPO APÓS CIRURGIAS

Simone, da dupla com Simaria, exibiu o novo corpo após cirurgias plásticas, a cantora que…

7 horas atrás

Bolsonaro despenca ao nível mais baixo desde do início do mandato,19% de aprovação

Pesquisa divulgada nesta segunda-feira (29) mostra que a aprovação do governo do presidente Jair Bolsonaro despencou e…

9 horas atrás