PUBLICIDADE
Categorias: ECONOMIANOTÍCIAS

Urgente: Governo cancela de última hora evento que lançaria auxílio Brasil, no valor de R$ 400

Publicado por
Compartilhado

O governo Bolsonaro cancelou de última hora o evento de lançamento do Auxílio Brasil, o substituto do Bolsa Família. O evento estava marcado para as 17h desta terça-feira, mas foi cancelado um pouco antes. Uma fonte do governo confirmou ao site UOL o adiamento.

O anúncio de que Bolsonaro teria decidido subir o valor do auxílio para R$ 400 repercutiu negativamente no mercado financeiro, com o dólar comercial disparando e a Bolsa tombando mais de 3%. Dentro do governo, no entanto, ainda não havia um consenso sobre como viabilizar o programa sem ultrapassar o teto de gastos —a regra fiscal que limita a despesa pública ao orçamento do ano anterior corrigido pela inflação.

O pagamento de R$ 400 aos beneficiários representaria uma derrota para o ministro da Economia, Paulo Guedes. Isso porque o ministério vinha defendendo um auxílio de R$ 300, o que permitiria manter os gastos do governo dentro do teto. Com o adiamento, Guedes e sua equipe ganham um pouco mais de tempo para negociar valores e tentar viabilizar uma solução que mantenha o Orçamento para 2022 dentro dos limites. Entre investidores do Brasil e do exterior, a quebra do teto é mal vista, daí a forte alta do dólar e o recuo da Bolsa nesta terça-feira.

Entre a ala política do governo, o Auxílio Brasil é visto como uma ferramenta importante para elevar a popularidade de Bolsonaro entre a população mais pobre, visando à reeleição em 2022.

De olho na campanha, Bolsonaro se aproximou recentemente de outros ministros da Esplanada, que veem no aumento dos gastos uma estratégia para acelerar a retomada econômica. Em defesa de mais gastos aparecem os ministros do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, do Trabalho, Onyx Lorenzoni, e da Cidadania, João Roma.

Palácio estava preparado

Durante todo o dia, o governo se movimentou para o lançamento oficial do programa. Antes das 17h — horário marcado para o início da cerimônia — já havia cadeiras e áreas destinadas à imprensa no Palácio do Planalto. O anúncio contaria com a presença de Bolsonaro e dos ministros envolvidos com o lançamento do auxílio. incluindo Guedes. Convites oficiais chegaram a ser encaminhados a outras autoridades.

PUBLICIDADE
Halysoh Macêdo

Administrador e criador do portal de notícias, PODER AO POVO. Contra as fakes news.

Deixe um comentário

Postagens recentes

Senado aprova Auxílio Brasil, programa social que substitui o Bolsa Família

Em votação simbólica, o Plenário aprovou a Medida Provisória (MP 1.061/2021) que cria o Auxílio…

5 horas atrás

Auxílio Brasil de 400$ vai ser pago para os inscritos do Auxílio Emergencial?

Com o encerramento do Auxílio Emergencial, milhares de famílias ficaram desamparadas em um momento de…

6 horas atrás

‘Novo Lázaro’ matou taxista em 2020, mas foi solto em MG

Apelidado de “Novo Lazáro” em alusão ao assassino em série morto em junho deste ano, o caseiro Wanderson…

7 horas atrás

Senado aprova Auxílio Brasil e retoma brecha para fila de espera

Por articulação do governo, o Senado alterou a proposta que cria o Auxílio Brasil e retomou a brecha para…

8 horas atrás

APÓS LIONEL MESSI GANHAR A SÉTIMA BOLA DE OURO, CRISTIANO RONALDO CRITICA PRÊMIO

Messi entrou para a história do futebol como melhor jogador do mundo, e totalizou 7…

16 horas atrás

URGENTE: PREFEITURA DE SÃO PAULO CANCELA FESTAS DE RÉVEILLON

A prefeitura de São Paulo cancelou as festas de réveillon e manteve na cidade o…

17 horas atrás