Publicidade
NOTÍCIAS

Anjo no ceu de brasilia: SAIBA A VERDADE SOBRE A EXISTÊNCIA DOS ANJOS

A existência dos anjos é algo muito discutido nas religiões. Em Brasília, recentemente, foi filmado por turistas um suposto anjo nas nuvens.

Citamos o acontecimento aqui no site: “Na tarde deste domingo (31/10), um anjo foi visto no céu de Brasília por algumas pessoas que estavam no momento e filmaram o ocorrido. O vídeo que viralizou nas redes sociais, está dividindo opiniões.” O que você acha?

Alguns acreditam que as filmagens não passam de montagem, já outros acreditam que trata-se verdadeiramente de um anjo que passava sobre o céu de Brasília. VEJAM O VÍDEO:

Após ver o vídeo podemos ter várias conclusões, duas delas é acreditar ou não, mas independente de acreditar ou não, vamos mostrar um pouco mais sobre anjos e suas aparições curiosas.

Artigos relacionados

QUANDO SURGIU A IDEIA DO ANJO? ELES EXISTEM?

A palavra anjo teve origem com os Gregos e o termo grego que é ággelos significa mensageiro, e são seres celestiais criados por Deus para serem mensageiros, desde essa época a aparição de anjos são relatados como sendo verdadeiras criaturas divinas e existentes.

Porém, para a maioria dos cientistas é improvável que os anjos existam, mas para o biólogo evolucionista inglês Rupert Sheldrake e o teólogo rebelde americano Matthew Fox anjos pode sim existir para eles, o biólogo e o teólogo consideram não apenas a possibilidade de que os anjos real­mente existem, mas que seriam eles os codificadores da “forma” do homem e de todas as espécies viventes sobre a Terra. Os anjos seriam, em suma, os guardiões da “ideia” do DNA!

Para deixar ainda mais claro essa ideia, fomos mais a fundo na ideia, a partir da era industrial newtoniana-cartesiana, os anjos foram banidos e tratados como assunto de segunda categoria, mais ligados à mitologia e à superstição do que à verdade teológica. Basicamente, desde essa época, registou-se uma divisão: a religião ficou com a alma, que se tornou cada vez mais introvertida e apequenada, enquanto os cientistas ficaram com o universo.

Durante a revolução científica do século 17, o universo foi mecanizado e, ao mesmo tempo, os céus foram secularizados. Passaram a ser considerados como feitos de pura matéria rodopiando pelo espaço afora em perfeito acordo com as leis newtonianas. Não havia lugar, nesses céus da ciência, para intenções angélicas. Os anjos não cabiam no mundo mecanicista, exceto como fenômeno psicológico, existindo apenas no âmbito da nossa imaginação.

Então tudo seria coisas do imaginário das pessoas, seria possível isso ser verdade?

O que sabemos nos dias atuais é que a crença em anjos é algo muito forte,no brasil, por exemplo, onde ocorreu recentemente a aparição de um anjo segundo a população local em um vídeo que circula na internet.

Nesse sentido, embora o científico e teológico tenham ignorado os anjos, pesquisas recentes mostram que muitas pessoas ainda crêem neles. Nos Estados Unidos, por exemplo, mais de dois terços da população acreditam na existência dos anjos, e uma terça parte desses afirma ter pessoalmente sentido alguma presença angélica em suas vidas.

“Se pensarmos nesses termos (como Tomás de Aquino pensava em um ser sem massa que poderia se mover e agir), suponho que chegaremos a conclusões bastante similares às de Einstein e outros pioneiros do século 20, quando eles estavam pensando em relatividade e teoria quântica”, afirma Sheldrake. O diálogo reproduzido a seguir, extraído da introdução de A Física dos Anjos, mergulha diretamente na questão.

Movimento e ação

Sheldrake diz: “(…) Os anjos, de acordo com Aquino, não têm massa, não têm corpo. E o mesmo acontece com os fótons: eles não têm massa, e você só pode detectá-los por meio de suas ações.

Fox: Isso quer dizer que os fótons são imortais?

Sheldrake: Sim, enquanto eles estiverem se movendo à velocidade da luz, de um lugar para outro. Mas, quando agem, são extintos por meio de sua ação. Por isso, nesse sentido, eles chegam a um fim; passam sua energia enquanto agem. Isso, acredito eu, os torna diferentes dos anjos.

O QUE OS CRISTÃOS EVANGÉLICOS E CATÓLICOS ACHAM DISSO?

Fomos atrás da opinião desses cristãos e eles nos relataram algo muito pessoal com a noção de anjo, fazendo valer o que relatamos antes, para o católico Aeliton Clécio: “Cada um de nós temos um anjo, um mensageiro de Deus que cuida de nós com a proteção divina. Anjos além de guardiões, também são nossos  intercessores.”

O religioso também acrescenta que “por serem imortais jamais poderão morrer, são filhos de Deus, eles superam em perfeição todas as criaturas visíveis.”

“Diariamente ore, peça a intercessão de seu anjo da guarda, ele está sempre ao seu lado, protegendo e livrando do mal.” termina ele em relato ao poder ao povo.

Para a Protestante Valcicleia Macêdo os “Anjos são mensageiros, inclusive foi o anjo Gabriel que avisou a Maria que ela ia conceber um filho e ele seria o salvador do mundo (Lucas 1: 26)”.

São muitos os relatos de anjos dentro das religiões e fora delas, mas o que se destaca nessa visão é as várias formas que eles chegam a cada um que acredita.

Portanto, podemos definir que a ideia de anjos pode ser algo pessoal criado por nós humanos, mas que também pode ser algo além do nosso alcance(Algo de Deus), isso depende muito de como você vê o mundo, tudo depende de você e suas crenças. 

Ative as notificações para receber as últimas notícias do site: Clique aqui!

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Botão Voltar ao topo