Publicidade
ECONOMIA

Urgente: pente-fino do Auxílio Brasil terá pente-fino e convocar cerca de 4,9 milhões de beneficiários para revisão

A ajuda gentil do Brasil deve ocorrer no primeiro trimestre de 2023. De acordo com o grupo social da equipe de transição do governo, mais de 4,9 milhões de beneficiários devem ser recolhidos. 

O Tribunal de Contas da União (TCU) levantou dúvidas sobre o pagamento do acréscimo, vendo indícios de transferências indevidas para mais de 3,5 milhões de famílias.

De acordo com o artigo do O Globo, os beneficiários cadastrados serão chamados de domicílios unipessoais, ou seja, formados por apenas uma pessoa. Eles representam mais de 22% dos beneficiários atendidos pelo programa. 

No entanto, existe a possibilidade de que ocorram divisões artificiais de famílias. Assim, mais de uma pessoa do mesmo grupo familiar receberá ajuda brasileira.

Como será feito o pente fino do Auxílio Brasil? 

O pente fino Auxílio Brasil deve ser feito entre fevereiro e março de 2023. Portanto, espera-se que 4,9 milhões de beneficiários classificados como domicílios unipessoais se inscrevam nos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS).

Após os convites, esses beneficiários devem provar seu status como família de uma pessoa. Se eles não puderem fornecer essa prova, cancele o recurso.

Primeiro, a conta será bloqueada. Assim, o beneficiário terá tempo para reunir provas para comprovar seu status. Se ele ainda não puder provar seu status familiar de uma pessoa, cancele o benefício. 

Problemas com o programa

Segundo o TCU, a forma atual de ajuda brasileira não tem ajudado a reduzir a pobreza no país. Além disso, há uma denúncia do uso do programa como ferramenta eleitoral pelo presidente Bolsonaro.

Assim, o pente fino de dentes no Auxílio Brasil é um consenso. Com isso, o novo governo pretende mudar alguns dos pontos centrais do programa para garantir sua eficiência. 

Por exemplo, o aumento das transferências para famílias numerosas e a determinação das condições de pagamento (frequência escolar e atualização da carteira de vacinação).

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Botão Voltar ao topo